/ Loreal

21jun 2014

Fazendo luzes no cabelo em casa

Postado por às em Cabelo, Tutoriais, Youtube

Olá pessoal, tudo bom?

Eu havia falado para vocês que eu mesma queria fazer as luzes no meu cabelo, e já comecei mostrando o que eu comprei para isso aqui neste post de comprinhas.

Enfim, criei coragem e fiz! E contei todos os detalhes no vídeo abaixo (sim, fiz um passo a passo!):

Resumidamente, o procedimento foi o seguinte:

  • Penteei os cabelos para trás e coloquei a touca (veja mais detalhes dos produtos que eu usei abaixo).
  • Puxei as mechas com a agulha de crochê; mas na parte de trás eu precisei da ajuda do marido, tive limitações. Esta etapa consumiu umas 2 horas, é a mais demorada.
  • Apliquei a mistura de descolorante Supermeches + água oxigenada 40 volumes, ambos da Alfaparf. A consistência não pode ser líquida demais, pois pode correr o risco de escorrer pelos buraquinhos da touca, mas também não pode ser espessa demais porque pode não descolorir adequadamente. Eu escolhi uma consistência firme, porém “elástica”, mais intermediária (mostro melhor no vídeo).
  • Apliquei com um pincel o descolorante nas mechas por cima da touca e dei um tempo de pausa entre 30-40 minutos. Meu cabelo já é naturalmente um loiro mais escuro, e mesmo abrindo a cor rápido esperei esse tempo, já tendo em vista as vezes anteriores que fiz no salão.

Não se assuste nesta etapa, pois o descolorante engana muito! Você vai achar que o cabelo está branco, mas se lavar antes do processo de descoloração terminar ele pode ficar amarelado ou desbotado, com a cor não uniforme! Além disso, se você tonalizar depois, saiba que a cor nas mechas vai ficar exatamente da cor indicada pelo tonalizante. Portanto, não se desespere!

  • Passado o tempo de pausa e ainda com a touca, tirei o excesso do descolorante com água e lavei com shampoo para não deixar qualquer resíduo do produto. Em seguida, apliquei um pouquinho só de creme de hidratação na parte do cabelo que estava com as mechas, ou seja, para fora da touca. Com isso, o cabelo escorregou com muita facilidade pelos buraquinhos na hora de tirar.
  • Desembaracei os fios (isso já deu trabalho!) e enxaguei para tirar o excesso do creme e não atrapalhar a tonalização.
  • Apliquei o tonalizante DiaRichesse da L’Oréal cor 9.11 Cinza Iceberg (já mostrei anteriormente o antes e depois aqui neste post) e deixei agir por 10 minutos. Usei metade do tubo (40g) e metade do frasco do ativador (60mL), pois o meu cabelo é mais curto.
  • Após o tempo de ação do tonalizante, enxaguei os cabelo e apliquei shampoo mais uma vez, agora em todo o cabelo (antes tinha sido só onde usei descolorante).
  • Por fim, fiz uma reconstrução capilar usando a potente Máscara Repositora da Lanox (resenha aqui), deixando agir por 20 minutos em touca térmica.

E este foi o resultado final:

– Na sombra:

como eu fiz luzes em casa 2

Detalhe das mechas em tom de louro  acinzentado (minha cor favorita!).

Detalhe das mechas em tom de louro acinzentado (minha cor favorita!).

– No sol ele ficou assim:

como eu fiz luzes em casa 6 como eu fiz luzes em casa 3

Mais detalhes dos produtos usados (veja onde comprei e preços aqui):

como eu fiz luzes em casa 5

 

  • Descolorante Supermeches da Alfaparf, que é sem amônia
  • Água oxigenada 40 volumes Alfaparf
  • Tonalizante DiaRichesse L’Oréal cor 9.11 Cinza Iceberg
  • Ativador 9 volumes L’Oréal
  • Pincel para aplicação
  • Agulha de crochê para puxar as mechas

como eu fiz luzes em casa 8como eu fiz luzes em casa 9

  • Touca para mechas da marca AK. Vem com buraquinhos em alto relevo e velcro na parte do queixo para fixar melhor a touca no lugar.

como eu fiz luzes em casa 10

  • Máscara Repositora Lanox (resenha aqui)
  • Shampoo para cabelos loiros coloridos Sheer Blonde John Frieda (mostrei aqui)

como eu fiz luzes em casa 11

  • Leave in Vector e óleo de Argan da Yenzah para finalizar. Sequei normalmente com secador com vento morno.

Agora o antes e depois:

como eu fiz luzes em casa 7

Apesar de ter usado a máscara repositora da Lanox, meu cabelo ainda ficou bem ressecado. Na segunda vez que eu hidratei ele já melhorou bastante, e na terceira ele voltou a ficar bem sedoso e brilhante!

Adorei o resultado final da cor, pois ficou bem cinza como eu gosto, e não manchou nada nada!

Bom, vale lembrar que eu não sou cabeleireira e fiz uma certa experiência nos meus cabelos. Não estou ensinando ninguém a fazer, estou apenas contando minha experiência, ok?

E vocês, gostaram das dicas? Bjs e até a próxima!

21mar 2014

Resenha: Base e corretivo L’Oréal Visible Lift

Postado por às em Maquiagem, Resenha

Olá pessoal, tudo bom?

Hoje trago para vocês mais uma resenha, desta vez de base e corretivo, ambos da mesma linha da L’Oréal, a Visible Lift. Quando eu comprei eu mostrei neste post, mas ainda tinha ficado devendo as resenhas. Esta linha da marca promete ser uma “maquiagem avançada para reversão de idade” (traduzido meio que ao pé da letra da embalagem), o que significa que seria um tratamento anti-idade enquanto maquia (mais ou menos isso). E como já passei dos 30, está na hora de investir em produtos mais especializados, digamos assim (rs). Na embalagem está indicado que a base contém cinco benefícios anti-idade, mas não encontrei maiores descrições.

base_corretivo_iluminador_Loreal_6

Clique no play e veja a resenha completa e a aplicação dos produtos:

Primeiramente vamos falar sobre a base. A minha cor é a 146 Nude Beige, ela contém filtro solar fator 17, Pro-retinol A+ (não sei exatamente o que significa isso) e vitamina C (conhecida por seu poder anti-oxidante). A textura é bem sequinha mesmo, e a cobertura e excelente. Com um pouquinho do produto já é possível espalhar por todo o rosto e pescoço, muito bom rendimento. A pele absorve bem rápido, e ela transfere bem pouco. A embalagem vem com um pump dosador (adoro!), que facilita a aplicação, preserva o produto e ainda evita desperdícios. A durabilidade é excelente, permanece o dia todo na pele (mais uma vez vou lembrá-los de que não tenho pele oleosa). Achei que realmente acumula bem menos nas linhas de expressão do que as outras bases (mas ainda acumula). Por mim está aprovadíssima, compraria outra com certeza. No meu caso, foi um excelente custo x benefício, pois paguei em torno de 10.00-11.00 dólares na CVS dos Estados Unidos; aqui no Brasil já vi em algumas farmácias para vender e custava em torno de R$80,00.

Nas fotos abaixo fiz o antes e depois da aplicação.

Antes da aplicação (pele sem base).

Antes da aplicação (pele sem base).

Pele com 1 camada da base.

Pele com 1 camada da base.

O corretivo tem aquele formato de caneta, com cerdas para aplicação. É preciso girar embaixo para que o produto saia pelas cerdas. Ele possui fator de proteção solar 20 e a minha cor é a Light 122. Minha opinião sobre ele é que a cobertura não é a melhor que já vi, mas a consistência me agradou bastante. Ele acumula menos nas linhas de expressão embaixo dos olhos (tenho já uma quantidade considerável), e achei excelente como corretivo iluminador. A forma que mais gosto de usar é aplicá-lo após a maquiagem pronta, somente como finalizador para tirar os resquícios de sombra que caem nesta região. Quando uso um corretivo de maior cobertura antes e aplico o da L’Oréal como finalizador de retoque, a maquiagem fica com um acabamento perfeito. Quando vou a alguma festa gosto de levar na bolsa, caso precise retocar, pois a embalagem é bem pequena e versátil. Também gostei bastante e compraria novamente.

Veja os detalhes da aplicação do corretivo:

base_corretivo_iluminador_Loreal_2

Compare o antes de depois, já com a pele completa (base + corretivo):

base_corretivo_iluminador_Loreal_5 base_corretivo_iluminador_Loreal_3

Bom gente, espero que tenham gostado desta resenha! Beijos e até a próxima!

02dez 2013

Estou de volta + comprinhas nos States

Postado por às em Dicas, Resenha, Youtube

Olá pessoal, tudo bom?

Enfim, estou de volta! Quem me segue pelo Instagram ou curte a fan page do blog sabia que na semana dos feriados de 15 e 20 de novembro (aqui no Rio é feriado de Zumbi dos Palmares) eu viajei para um casamento em Las Vegas. E quando voltei emendei no trabalho e fiquei toda enrolada, sequer consegui entrar no blog para atualizar… Antes de viajar fiquei igual a uma louca gravando trocentos mil vídeos e escrevendo posts, mas faltando terminar alguns detalhes, o que eu faria durante a viagem. Só que, para a minha surpresa, o “wi-fi grátis” do hotel só permitia apenas 1 único dispositivo conectado, e acabamos escolhendo o celular do maridão. Enfim, levei computador para passear a toa e não consegui postar…

Mas voltando ao assunto, é sempre bom dar uma olhadinha nas farmácias americanas, são um paraíso para quem gosta de produtos de beleza (e para hipocondríacos também). Como a viagem foi super corrida por conta do casório, acabei não tendo muito tempo de fuxicar mais as coisas. Comprei pouca coisa, mas quem sabe serve de dica para vocês para quando tiverem oportunidade de viajar?

Então vamos lá:

1. Produtinhos de make:

comprinhas_states_1

Da esquerda para a direita: Beauty blender (não lembro a marca); base Visible Lift da L’Oréal cor 146 Nude Beige; Batom Russian Red da MAC; Lip balm Nivea; cola para cílios Duo e da Ardell, ambas transparentes; lip balm Blistex com ação anti-rugas; corretivo iluminador Visible Lift da L’Oréal cor 122 Light.

2. Para os cabelos e pele:

comprinhas_states_2

Protetor solar Neutrogena Ultra Sheer FPS 30; 3 Minutes Miracle Aussie (muuuuito bom!); Shampoo John Frieda Sheer Blonde, próprio para loiros tingidos (faço resenha assim que tiver opinião formada).

A foto abaixo é de um esfoliante facial que acabei esquecendo de comentar no vídeo, também da Neutrogena para a pele acneica. Não é o meu caso, mas minha pele fica ótima com essa linha da Neutrogena, limpa sem ressecar. Este tem um cheirinho maravilhoso de pomelo/toranja e é de uso diário, sem contar a embalagem econômica. Aprovado!

comprinhas_states_3

 

Estou pensando em fazer um post com dicas para quem vai para Vegas, o que acham?

Beijos e até a próxima!

09set 2013

Comprinhas de setembro: Quem disse, Berenice?, Avon, Maybelline, sapatos e produtos de cabelo

Postado por às em Dicas, Maquiagem, Resenha, Youtube

Olá pessoal, tudo bom?

E hoje temos vídeo de comprinhas! Dividi o vídeo em duas parte porque acabou ficando longo, mas foi porque eu acabei fazendo mini resenhas de alguns produtos. E nestes vídeos eu mostro as últimas aquisições de maquiagem da Quem Disse, Berenice? (me apaixonei pela loja), Maybelline (nova máscara The Colossal) e Avon; desta eu comprei vários dos produtos da nova linha de maquiagem e alguns esmaltes. Os produtos de cabelo que mostro para vocês no vídeo é o novo shampoo da Garnier Fructis, que é super, hiper, mega cheiroso e não deixa o cabelo um bagaço! Também comprei a máscara nutritiva da Alfaparf (Alta Moda é…) de argan e o famoso óleo extraordinário da L’Oréal, que eu ainda não testei o suficiente para ter opinião formada (mas assim que tiver conto para vocês).

Tem ainda os sapatos da Vizzano, Beira Rio e Melissa (lindo, lindo, lindo!). Sempre que eu encontrar coisinhas para comprar de boa qualidade e preço acessível eu mostro aqui para vocês, ok?

Vídeo de comprinhas (parte 1):

Vídeo de comprinhas (parte 2):

maquiagem_QDB_Avon_Maybelline

Produtos da esquerda para a direita:

  • Nova máscara The Colossal à prova d’água da Maybelline
  • Iluminador Creme Roselix da Quem disse, Berenice? (QDB)
  • Corretivo líquido QDB, cor claro
  • Batom Color Precise Nude Elegante da Avon
  • Batom Color Precise Rosa Real da Avon
  • Batom Ultra Color Nude Matte da Avon
  • Batom Ultra Color Vinho Matte da Avon
  • Esmalte Quarta de clássico da Avon
  • Esmalte Orquídea da Avon
  • Bronzer Douradíssimo QDB
  • Lápis Batom Retrátil Vermelho da Avon
  • Lápis Mega Impact Violeta Impact da Avon

Produtos_cabelos_Alfaparf_Fructis_Elseve_óleo

Shampoo Garnier Fructis de Guaraná, óleo extraordinário L’Oréal e Máscara AltaModa argan.
Vizzano_Beira_Rio_MelissaSandália Vizzano, peep toe Beira Rio e sapatilha Melissa bailarina. Meu tamanho em todos é 38.
Vizzano Beira_Rio Melissa_bailarina

Espero que tenham gostado desse tipo de vídeo de comprinhas. Se quiserem que eu faça mais vídeos como este podem escrever nos comentários.

Beijos e até a próxima!

05set 2013

Antes e depois do tonalizante

Postado por às em Cabelo, Dicas, Resenha

Olá pessoal, tudo bom?

Há algum tempo atrás eu mostrei neste post o tonalizante que eu uso nos meus cabelos para retocar as mechas em casa. Eu gosto mais do meu cabelo com tons acinzentados do que com fundo dourado, e para isso uso tonalizante a cada 20-30 dias. Também uso shampoos desamareladores (veja aqui quais), que ajudam a manter o cinza por mais tempo. Então resolvi fazer o antes e depois da aplicação do tonalizante, bem como mostrar melhor como eu faço. Digo isso porque fiz algumas pequenas mudanças no processo desde que publiquei o post anterior, e que deram super certo! Meu cabelo não estava muito amarelado por causa da manutenção, mas as diferenças são bem visíveis.

Richesse 9.11 (cinza iceberg), solução reveladora, óleo de argan Yenzah e frasco aplicador com dosador

Richesse 9.11 (cinza iceberg), solução reveladora, óleo de argan Yenzah e frasco aplicador com dosador

O tonalizante que eu uso é o Richesse 9.11 Cinza Iceberg, mas vale a pena destacar que parte da linha Richesse da L’Oréal passou a se chamar Dialight. Pelo que vi, neste caso, foram as tonalidades mais claras, e esta cor 9.11 mudou de nome (mas não de cor!). O volume total da solução de tonalizante + revelador foi de 50 mL (20mL de tonalizante + 30mL de revelador, mantendo a proporção de 1:1 e 1/2). E desta vez eu apliquei nos cabelos secos e usei o frasco dosador que mostrei aqui, que é bem mais prático na hora de ajustar as proporções e homogeneizar. Coloquei também 10 gotas do óleo de argan da Yenzah, o qual fez milagres! Meu cabelo conseguiu sair ileso após o processo químico, além de ter ficado bem macio.

Shampoo Garnier Fructis de guaraná e máscara capilar Altamoda Alfaparf

Shampoo Garnier Fructis de guaraná e máscara capilar Altamoda Alfaparf Oil argan

Após a aplicação em todo o cabelo, deixei o produto agir por 8 minutos, tempo suficiente para acinzentar as mechas descoloridas, e não todo o cabelo. Para tonalizar todo o cabelo o fabricante sugere aumentar o tempo de pausa, coisa que eu nunca fiz e desconheço os resultados. Depois disso enxaguei abundantemente com água fria e fiz uma única lavagem com o shampoo da Garnier Fructis de guaraná (muito cheiroso!) e fiz hidratação com a máscara Altamoda com óleo de argan, da Alfaparf.

Para finalizar, utilizei o leave in da Nexxus e o mesmo óleo de argan da Yenzah (nas pontas somente) e sequei no secador com vento morno — nunca uso vento muito quente. Não fiz escova.

Leave in Nexus e óleo de argan da Yenzah.

Leave in Nexxus e óleo de argan da Yenzah.

Resultado: mechas acinzentadas e fios SUPER sedosos! Juro, nunca saí com os cabelos tão macios após um procedimento deste tipo.

Compare o antes e o depois:

Antes:

Antes do tonalizante 9.11: mechas com tom de loiro mais queimado.

Antes do tonalizante 9.11: mechas com tom de loiro mais queimado.

Depois de usar o tonalizante Richesse 9.11 (cinza iceberg):

Depois do tonalizante: efeito acincentado, principalmente sob a luz do sol.

Depois do tonalizante: efeito acincentado, principalmente sob a luz do sol.

Depois do tonalizante no sol.
Depois do tonalizante no sol.

 

Depois do tonalizante, na sombra. Repare que, com este tempo de pausa, o efeito se concentra apenas nas mechas descoloridas.

Depois do tonalizante, na sombra. Repare que, com este tempo de pausa, o efeito se concentra apenas nas mechas descoloridas.

Espero que tenham gostado do post! Beijos e até a próxima!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...