/ guia

01jul 2013

Guia dos cílios postiços (Parte 3): Como retirar os cílios, lavar e reaproveitar

Postado por às

Olá pessoal, tudo bom?

E mais um vídeo da série “Guia dos cílios postiços” está no ar! Desta vez mostro como eu retiro os cílios dos olhos (sem arrancar os meus de verdade…), e como eu lavo e reaproveito. Acho que este completa o guia, mas qualquer dúvida que permanecer vocês podem deixar aqui no blog ou nos comentários no Youtube que eu respondo.

Assista ao vídeo! Espero que gostem! Beijos e até a próxima!

20mai 2013

Guia dos cílios postiços (Parte 2): aplicação

Postado por às

Olá pessoal, tudo bom?

No tutorial do “Guia dos cílios postiços” de hoje vou mostrar como eu aplico  tanto os cílios em tufos quanto os inteiros. Além disso, falo sobre qual tipo de cola é melhor para cada tipo de cílio. Então, vamos conferir?

E se você ainda não viu a primeira parte do guia pode acompanhar aqui:

Se ainda restou alguma dúvida você pode deixar um recado para mim perguntando tanto aqui no blog quanto no próprio Youtube. Assim que puder eu respondo e se for algo pertinente eu incluo mais um vídeo ou post.

Um beijo e até a próxima!

13mai 2013

Guia dos cílios postiços (Parte 1)

Postado por às

Olá, tudo bom?

Pois vamos nós começar o guia de cílios postiços aqui no blog! Este é um dos assuntos que mais tenho recebido dúvidas, portanto resolvi fazer uma série de vídeos abordando este tema para tentar responder a vocês. Dividi o assunto em partes para não ficar cansativo e os vídeos muito grandes, possibilitando explicar melhor cada tema.

Então vamos começar hoje falando sobre os tipos de cílios que existem no mercado, dentre eles os de tufinho, os mais naturais, os mais dramáticos, os artísticos, etc. Vamos abordar ainda a diferença na base dos cílios, que é muito importante ser considerada na hora de dar o devido acabamento. Cílios mais pesados e dramáticos requerem mais atenção no acabamento, enquanto que os mais naturais e em tufos são menos exigentes com o acabamento e, ao meu ver, são os ideais para quem ainda não tem prática e está começando a treinar.

É isso mesmo que você leu: TREINAR! Eu posso escrever e mostrar em vídeo 254.958 formas de aplicar cílios postiços, mas de nada vai adiantar se você não praticar. Ninguém nasce sabendo aplicar cílios e, acreditem em mim, se você praticar você vai conseguir, é certo!

Neste vídeo mostro ainda as diferenças entre as colas disponíveis no mercado e qual é a minha preferida para cada tipo de cílio postiço. São dicas impostantes e que fazem a diferença na aplicação e durabilidade.

Assistam a primeira parte do “Guia de cílios postiços” no Youtube:

 Cílios em tufos, super naturais e confortáveis de usar:

Dois tipos diferentes de cílios inteiros:

Cílios espessos e mais pesados requisitam bases mais espessas:

Cílios mais leves e naturais podem ter bases mais finas ou até transparentes:


Colas para cílios postiços: Eye Cream, Fing’rs e Duo.

Detalhe das diferenças entre os frascos da cola Eye Cream, mostrando qual é a boa (que eu gostei) e a ruim:

Na parte 2 deste guia mostrarei como eu aplico os cílios, tanto em tufos como os inteiros. Por isso, não percam o próximo vídeo, vou liberar na próxima semana.

Gostaria ainda de pedir a vocês para me enviarem as dúvidas que ainda restarem, ou se eu não falei de algum ponto importante e que vocês acham que deveriam entrar nesta séria do “guia”.

Espero que tenham gostado e que o vídeo e o post tenham sido úteis para vocês! Um beijo e até a próxima!

06dez 2012

Guia de Pincéis

Postado por às

Olá pessoal, tudo bom?

Hoje venho mostrar alguns dos meus pincéis e fazer um guia para vocês. Muita gente tem dúvida sobre qual é o pincel ideal para fazer determinada coisa, seja aplicar a sombra, o glitter, o blush, a base, o corretivo, glitter, etc. E no mercado atualmente existe uma infinidade de pincéis, cada um com uma função. Mas de forma alguma é preciso ter todos esses pincéis para fazer uma make mais elaborada, acreditem! Costumo dizer que esses pincéis fazem o papel dos nossos dedinhos. Mas temos que levar em conta que as unhas podem atrapalhar, o formato das pontas dos dedos pode não ser o mais favorável… Por isso, os pincéis estão aí para nos ajudar. Então vamos entender melhor para que cada um serve?


a. Pincéis de base e corretivo

 Os pincéis mais comuns para aplicar a base são os de cerdas sintéticas do tipo “língua de gato” (1 e 2). Eu particularmente não gosto muito deles para aplicar base,  acho que fica muito carregado e as cerdas costumam  marcar um pouco. Prefiro esse tipo para acertar o corretivo depois que aplico com os dedos. Para a base, prefiro os do tipo top flat (topo achatado), porque permitem fazer movimentos circulares (3). Isso deixa o acabamento bem natural, principalmente se o pincel for do tipo duo fiber (duas fibras). Como o próprio nome diz, esse pincel tem dois tipos de cerdas: uma natural (preta) e uma sintética (branca no topo). As cerdas naturais dos pincéis são como nosso cabelo e pele, eles tendem a absorver os produtos, principalmente se for líquido. Se você utilizar um duo fiber para aplicar a base, por exemplo, ele vai absorver menos o produto (o famoso efeito de “chupar” a base) por causa das cerdas sintéticas. Mas também vai dar um aspecto de polimento, pela presença das cerdas naturais. Enfim, com ele você consegue um acabamento bem mais natural do que com os tradicionais de base.


b. Pincel para contorno do rosto





Existem vários tipos de pincel que podem ser usados com a finalidade de marcar os contornos do rosto. Esse meu é bem achatadinho, quase um leque, só que bem grossinho. Isso ajuda a esfumar o produto.


c. Pincéis para aplicar pó facial

Os pincéis ideais para pó são os maiores e mais espessos, com bastante cerda. Se o pó for aplicado com um pincel muito pequeno, ele vai tender a ficar muito concentrado e vai ficar difícil de distribuir o produto pelo rosto.

  1. Mini kabuki
  2. kabuki
  3. pincel para pó menor
  4. e 5. pincéis grandes para pó



d. Pincéis para aplicar iluminador



São parecidos com os de pó, só que menores. Isso porque não queremos que o produto se espalhe por todo o rosto, mas sim que fique concentrado nas regiões específicas de iluminação (acima das maçãs do rosto, têmporas, etc). São os números 2 e 3 da figura. O número 1 é o de pó, o qual deve ser maior. Coloquei para comparar o tamanho.


e. Pincéis para blush e bronzer


São parecidos com os de iluminador, mas de preferência um pouco maiores. Também pode ser chanfrado, com corte angular (2), facilitando a aplicação nas maçãs do rosto.

  1. bronzer / blush
  2. blush



f. Pincel “vassourinha”



Podem ser bem grandes, como esse do meio, ou menores. Servem para retirar o excesso de sombra que cai dos olhos e ficam depositados nas maçãs do rosto. Usei um no meu tutorial em que utilizei sombra violeta e preta (veja aqui). Muito útil quando se trabalha com glitter, pigmentos e sombras soltas.



g. Pincel para delinear olhos

São todos com cerdas bem firmes para facilitar a aplicação. Pode ser bem fininho (1) ou ainda chanfrado (2 e 3). Estes últimos são ótimas opções para iniciantes, pois o chanfrado facilita o traçado.



h. Pincéis de sobrancelha

Particularmente, eu prefiro os modelos 2 e 3, que são do tipo escovinha, sendo que a 3 é angulada e dá mais conforto na hora de usar (fricote, né???). O número 1 eu raramente uso, era mais para mostrar a vocês as opções do mercado.



i. Pincéis de pálpebra


Esses de tamanho médio são os ideais para aplicar sombra na pálpebra móvel. Eles devem ser bem macios também. 1 e 4 eu uso para aplicar no centro da pálpebra; 2 e 5, um pouco menores, uso no canto interno dos olhos (próximo ao canal lacrimal); 3 eu uso para alguns detalhes.



j. Pincéis para iluminar abaixo da sobrancelha



1 e 2 são também pincéis de pálpebra, só que maiores e com mais cerdas (mais densos). Também são bem fofinhos. 3 e 4 são os que eu uso na pálpebra móvel, coloquei para comparar os tamanhos.



k. Pincéis de esfumar (blender brush)



Esses são os meus queridinhos! Confesso que acho que nunca tenho o suficiente… rsrs…
Servem para esfumar a sombra, sem deixar aquele visual super marcado. Existem inúmeros no mercado, com tamanhos, cerdas e densidades diferentes, mas todos devem ser bem macios. Para quem está iniciando agora, garanto que somente um blender já vai estar de bom tamanho para fazer qualquer tipo de maquiagem nos olhos. Com o tempo e a prática vão surgindo outras necessidades e os looks vão ficando mais elaborados, daí você vai começar a sentir necessidade de um outro pincel maior, mais denso, menos denso, cerda sintética…

1 e 2: Pincéis de esfumar densos de ponta arredondada
3. Top flat blender brush (pincel de esfumar com topo achatado)
4. pincel de esfumar duo fiber (fibras sintéticas e naturais)
5. blender pequeno para detalhes


l. Pincéis de detalhes


1. pincel lápis. Ideal para aplicar sombra no côncavo ou no canto externo da pálpebra.
2 e 3: pincéis de precisão. Têm cerdas mais firmes. O 3 é do tipo chanfrado. É parecido com o de delinear, só bem mais espesso e as cerdas são mais longas. Também são ideais para preencher a sobrancelha com sombra.


m. Pincel de esponja




É o mais comum para olhos e geralmente vem junto com as sombras unitárias ou paletas. Serve apenas para depositar o produto, mas não para esfumar. Isso faz com que a aplicação fique bem marcada. Não costumo usar muito para aplicar as sombras, mas gosto muito para aplicar glitter. Este branquinho da foto tem algo na sua composição que faz com que ele fique meio “colante” e pegajoso. Isso ajuda a pegar o glitter, pigmentos soltos ou sombras em pó. Possuem pouca durabilidade, enquanto que os de cerdas são quase que para a vida toda, valendo o investimento.


n. Pincel para lábios

 É tipo um “língua de gato”, só que em miniatura. As cerdas são bem firmes.


 Lembro que o que eu disse aqui não é uma regra (aliás, em maquiagem não existem regras). Mostro somente a forma como eu utilizo meus pincéis.

 Então… gostaram desse guia? Espero que tenha ajudado vocês na hora de escolher seus pincéis.
Um beijo e até a próxima!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...