/ animal

04dez 2013

Fashionismo: animal face

Postado por às em Fashion

Olá pessoal, tudo bom?

Neste look usei uma blusinha com transparência e animal face de tigre, mas quis dar uma pega rock’n roll. Combinei com uma legging preta que parece meio emborrachada, meio brilhosa. E mais detalhes de animais nos pés, com sapatilha de oncinha, que aliás é super confortável.

animal_face_1 animal_face_2 animal_face_3 animal_face_5 animal_face_4 animal_face_6 animal_face_9 animal_face_7 animal_face_8

Blusa animal face de tigre: C&A; legging preta: Nalin; sapatilha de oncinha: Stylus; pulseiras: lojinha em Caxias (uma amiga comprou).

Espero que tenhas gostado das dicas! Beijos e até a próxima!

22out 2013

Por que ainda usamos animais na ciência?

Postado por às em Youtube

Bom gente, o assunto mais debatido no momento, tanto na TV como nas redes sociais, é o caso da invasão de um laboratório por ativistas que alegavam maus tratos a animais, e que culminou com o resgate de vários cães utilizados em experiências científicas. Sei que este é um canal de beleza, maquiagem, “mulherzices” em geral, mas como cientista não poderia deixar de prestar meu papel de informar as pessoas. As informações divulgadas muitas vezes não correspondem à realidade ou são contraditórias, e me senti na obrigação de explicar algumas coisas para as pessoas que desconhecem a rotina de um laboratório de pesquisa. Quantos cientistas vocês conhecem pessoalmente? Não existem muitos por aí para dar explicações, infelizmente esta ainda é uma profissão que não é muito difundida. Aliás, nem reconhecida como profissão é, mas isso pode ficar para outro post.

cura

Para quem não sabe, trabalho como cientista há quase 14 anos, e por isso já vivenciei muita coisa nesta área. E posso dizer que todo esse tempo não é nada se comparado a pesquisadores mais experientes. Cientistas são curiosos e idealistas por natureza, e geralmente dedicam toda uma vida para responder uma pergunta que pode salvar vidas.

Neste vídeo falei dos prós e contras de se utilizar animais em experiências. Nem tudo são mil maravilhas, mas utilizar animais tem sido encarado até hoje como um “mal inevitável”. O que todo cientista da área biológica sonha é poder encontrar outras formas de estudo sem utilizar cobaias; e, acreditem, tem muita gente trabalhando nisso!

Peço que você assista este vídeo até o final e ajude na divulgação de informações, compartilhando-o. Isso pode esclarecer dúvidas de muita gente.

Respeito a opinião de todos, e sei inclusive que muitas pessoas, por mais que entendam a necessidade, ainda se mostrarão contra a utilização de animais. E você tem esse direito, é claro! E acrescento ainda que as pessoas devem sim lutar por seus ideais, além de se embasar e propor discussões. Se você não concorda com alguma coisa, manifeste-se! Mas mesmo não concordando, só peço duas coisas a você:

Primeiro: não demonize o cientista! Cientista não é torturador, nem carniceiro, muito menos uma pessoa hedionda e cruel! A imagem estereotipada do “cientista louco” não existe! Loucos não podem fazer ciência, assim como não podem dirigir, serem médicos, professores, advogados, etc. Que momento infeliz quando Einstein foi fotografado com a língua para fora e descabelado, um gênio que de maluco não tinha nada. Por mais que você não concorde com o método utilizado por nós, acredite: estamos trabalhando por você, por seu filho, pela sua família, por aquela pessoa querida que precisou de cuidados médicos e ficou entre a vida e a morte (e foi salva!).

Segundo (e principal): Por favor, abandonem a ideia de invadir laboratórios, quebrar tudo e retirar animais! Esses animais podem estar sendo usados em pesquisas de doenças contagiosas e sem cura! E podem estar infectados! Não corra esse risco, nem leve risco para seus familiares e amigos. Ao sair do laboratório ninguém mais terá controle do que pode acontecer, nem mesmo os cientistas envolvidos. Outra coisa: é muito comum nos laboratórios se trabalhar com reagentes químicos altamente tóxicos, radioativos, inflamáveis, explosivos e cancerígenos. Provavelmente as pessoas que invadiram o laboratório não estavam cientes disso, senão não teriam quebrado nem mexido em nada. Por favor, não faça isso, é insanidade!

Enfim, eu não tenho motivo algum para mentir para vocês, apenas estou expondo a nossa realidade e como as coisas funcionam. Coloco-me à disposição para tirar dúvidas e discutir. E se eu não souber a resposta, vou me informar com quem sabe. Sintam-se à vontade!

Assista o vídeo:

Leia e informe-se mais:

– Jornal da Ciência: http://www.jornaldaciencia.org.br/Detalhe.php?id=90093

– Sobre os testes com animais na indústria cosmética: http://easttowestskincare.com/2012/01/09/esclarecimentos-sobre-os-testes-em-animais-realizados-pela-industria-cosmetica/

– Matéria escrita por um doutor em ciências: http://moglobo.globo.com/integra.asp?txtUrl=%2Fin%2F%2Fos-zooxiitas-a-polemica-do-uso-de-animais-em-experiencias-3975651

– Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (CONCEA), que inclusive é composta por membros das sociedades protetoras de animais legalmente estabelecidas no país: http://www.mct.gov.br/index.php/content/view/316431/Composicao_do_CONCEA.html

– Entrevista com o Doutor e Professor da UFRJ Marcelo Morales: http://globotv.globo.com/t/programa/v/medico-explica-uso-de-animais-em-pesquisas-no-brasil/2901928/

– Uso de cães para pesquisas de remédios contra câncer: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/10/1360185-retirada-de-caes-de-instituto-afeta-teste-anticancer-diz-cientista.shtml

15ago 2013

Fashionismo: pretinho nada básico

Postado por às

Olá pessoal, tudo bom?

Estou tentando explorar aqui no blog um pouco mais de moda. Então aos poucos vou inserindo, afinal, também sou apaixonada por esse mundo fashion e pretendo dividir um pouquinho com vocês.

Enfim, este foi um look que eu usei para sair com meu maridinho, fomos a um bar/restaurante. Combinei esse pretinho nada básico que foi um super achado na C&A, da coleção da Isabella Giobbi especialmente para a loja. Achei lindo o modelito com uma sainha transpassada e de mangas longas, ótimo para as noites mais fresquinhas mas não tão frias. Usei o mesmo colar que eu mostrei no vídeo de comprinhas e combinei com uma sandália de camurça com detalhe animal print. O detalhe da cor ficou para a bolsa azul. Fiz uma make dourada com a sombra 3D da Fenzza e optei por um batom nude.

Espero que tenham gostado dessa parte fashion aqui no blog! Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...