10jun 2014

Esmaltaria: Frio na Barriga (Gio Antonelli)

Postado por às em Esmaltaria

Olá pessoal, tudo bom?

Finalmente consegui achar para vender o tão procurado e desejado esmalte azul da Giovanna Antonelli, o Frio na Barriga. O tom de azul é realmente diferenciado, com um acabamento semi fosco que eu ainda não conhecia. Já usei esmaltes foscos antes, mas este é diferente por ter um certo grau de brilho.

esmalte Gio Antonelli 4 esmalte Gio Antonelli 1

O que eu mais gostei do esmalte foi o pincel, que é mais largo e achatado, perfeito para quem faz uso da esmaltação americana como eu. Para quem ainda não viu, eu já mostrei aqui no blog e no canal do YouTube como é a minha rotina de esmaltação sem tirar as cutículas e sem encostar o esmalte nelas (veja mais aqui neste post). Também já compartilhei com vocês o que eu faço para manter as cutículas sempre hidratadas e em seu “devido lugar” (clique aqui para ver mais).

esmalte Gio Antonelli 7 esmalte Gio Antonelli 2 esmalte Gio Antonelli 8

O esmalte é também muito fácil de aplicar, não mancha nadinha! Adorei!

esmalte Gio Antonelli 5 esmalte Gio Antonelli 3 esmalte Gio Antonelli 6

Gostaram da dica de hoje? Beijos e até a próxima!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários deixe um →

  1. Claudia, eu comecei seguindo seu blog por meio do insta, atrás de tutorial heheh aí cheguei ao seu blog, e tenho gostado. Só que aí conheci seu canal no youtube, e vi um video no qual vc defende o uso de animais em laboratorio…
    E então te digo: finalmente alguém de bom senso nessa blogosfera, com um rosto bonito mas que REALMENTE pensa!! E tudo fundamentado!!!
    Parabéns Claudia, finalmente uma blogueira ganhou meu respeito!!!

    Responder
    • Claudia Brigagão

      Olá Luize, tudo bom?

      Fiz aquele vídeo na época da confusão dos Beagles, em que fui bombardeada de opiniões de gente que defendia o não uso de animais (até aí, ok), porém sem o menor embasamento. E foi quando surgiu uma enxurrada de vegetarianos/veganos protetores de animais, e que diziam “só vacinei meu filho porque o Estado me impõe” nas minhas redes sociais, demonizando quem usa animal, sem o menor embasamento. Às vezes a capacidade de alienação das pessoas me assusta, por exemplo, uma pessoa pública que defende o não uso de animais para qualquer finalidade aparecer de cabelo louro artificial, com silicone nos seios. Ninguém se pergunta como são feitos esses procedimentos? Ou como é feito o sabonete que a gente toma banho, ou a vacina e o remédio que se dá para o tão querido bichinho de estimação que a gente tem em casa? Essa era a minha proposta, esclarecer para quem não tem informação e nem tem aonde buscar, porque só um lado é divulgado e este nem sempre é o verdadeiro. Mas vamos combinar, para quem não quer ouvir ou não quer estar aberto a pelo menos ponderar algum assunto, fica difícil…

      Juro para você que também não sou totalmente a favor da pesquisa com animais, mas eu entendo que sem eles seria tudo muito diferente nas nossas vidas. Não tenho filhos ainda, mas tenho certeza de que não hesitaria de vaciná-lo ou dar qualquer medicamento por causa do meu amor pelos animais. Isso é caso de sobrevivência da espécie, instinto de proteção. É só colocar uma colmeia ou formigueiro em perigo para entender o que é proteger a própria espécie!

      Enfim, escrevi demais. Só queria agradecer por ter dispensado um tempo para assistir o vídeo e por comentar aqui.
      Beijos!

      Responder
  2. Desculpa, usar o post errado para falar isso!
    (roo unha, nao entendo nada de esmaltes hehehhe =( )

    Responder
    • Claudia Brigagão

      hahaha… tudo bem! 😉
      Bjs!

      Responder

Deixe um comentário