/ março 2014

27mar 2014

Dermopigmentação: 1 ano depois e dicas para retocar as sobrancelhas

Postado por às em Dicas, Maquiagem, Youtube

Olá pessoal, tudo bom?

Um dos posts mais acessados aqui no blog é o meu diário da dermopigmentação das sobrancelhas, em que mostro todo o processo de cicatrização e fixação do pigmento (caso você ainda não tenha visto o post ou tem alguma dúvida sobre o método, clique aqui  e saiba mais). No entanto, por ser um processo semi-definitivo, 1 ano depois a minha pele já despigmentou bastante, e já estou precisando retocar as sobrancelhas durante a maquiagem. Eu costumo usar para retoques o lápis para sobrancelhas da Marchetti de cor universal. Além disso, para deixar o entorno das sobrancelhas mais “limpinho” uso um corretivo um pouco mais claro do que o tom da minha pele. Além de dar acabamento ao lápis, cobrindo os borrões, esta técnica também ajuda a disfarçar os pelinhos indesejados que vão crescendo fora do traçado das sobrancelhas.

Então, quer acompanhar como faço o procedimento em detalhes? Então clique no play abaixo!

Veja como eram as minhas sobrancelhas antes da dermopigmentação e como elas ficaram após o procediento (em abril de 2013):

antes-depois_dermopigmentacao

E veja como elas estão agora:

dermopigmentacao_1_ano_depois

E após o retoque com o lápis e uso do corretivo:

retoque_sobrancelhas

Espero que tenham gostado das dicas! Beijos e até a próxima!

24mar 2014

Resenha Base Mate Quem disse, Berenice?

Postado por às em Maquiagem, Resenha

Olá pessoal, tudo bom?

Hoje vim fazer para vocês uma resenha que eu já estou devendo há um tempão, desde que mostrei neste vídeo de comprinhas a base mate da Quem disse, Berenice?. A minha cor é a 3C, que tem um fundo amarelado. Para a aplicação, deve-se agitar o frasco antes de usar e, o melhor, a bisnaga vem com pump. Adoro embalagens com pump, pois ajudam muito na aplicação, além de evitar o desperdício e o contato com o ar e com a pele. Eu usei 2 pumps nestas fotos, que foram suficientes para aplicar generosamente no rosto e pescoço. Utilizei ainda um pincel kabuki duo fiber de topo chato, que ajuda a aplicar uniformemente a base e a polir.

base mate qdb 1 base mate qdb 3

Na minha opinião, a base tem cobertura média se aplicada uma quantidade mais generosa do produto (como eu fiz). A duração dela é boa, pois permanece intacta na minha pele o dia todo, mas vale a pena lembrar que eu não tenho pele oleosa. O efeito dela é realmente fosco, nada brilhoso. É um produto que transfere consideravelmente, pois até no final do dia ainda “deixo as marcas” da base no celular quando uso. Nestas fotos eu apliquei o primer antibrilho da QDB? antes, que inclusive já tem resenha aqui no blog. Se eu compraria a base novamente? Sim, com certeza! É um excelente custo benefício, e é ótima para usar no dia a dia. Apesar de no site da loja dizer que a cobertura é media-alta, eu particularmente achei que ela chega à média somente, e por este motivo não é a minha primeira opção para usar em festas e eventos noturnos. Até porque ela tem FPS 15, e filtro solar e flash de câmera não combinam.

Da esquerda para a direita: pele limpa, com primer antibrilho QDB? e após a aplicação da base mate QDB?

Da esquerda para a direita: pele limpa, com primer antibrilho QDB? e após a aplicação da base mate QDB?

base mate qdb 2

Espero que tenham gostado desta dica. Beijos e até a próxima!

21mar 2014

Esmaltaria: ternura e meia-ponta

Postado por às em Esmaltaria

Olá pessoal, tudo bom?

Hoje venho mostrar a vocês uma combinação de esmaltes que eu achei super feminina e ao mesmo tempo delicada. Usei duas camadas do Ternura da Verona, que é um rosinha claro cremoso, um pouco nude. Em seguida apliquei uma camada do Meia Ponta, da Avon, que é um cintilante com fundo prata, que não acrescenta muita cor, apenas o brilho mesmo. Achei super fofo!

meia_ponta_avon_verona_2 meia_ponta_avon_verona_6 meia_ponta_avon_verona_5 meia_ponta_avon_verona_1 meia_ponta_avon_verona_3
Espero que tenham gostado deste post! Beijos e até a próxima!

21mar 2014

Resenha: Base e corretivo L’Oréal Visible Lift

Postado por às em Maquiagem, Resenha

Olá pessoal, tudo bom?

Hoje trago para vocês mais uma resenha, desta vez de base e corretivo, ambos da mesma linha da L’Oréal, a Visible Lift. Quando eu comprei eu mostrei neste post, mas ainda tinha ficado devendo as resenhas. Esta linha da marca promete ser uma “maquiagem avançada para reversão de idade” (traduzido meio que ao pé da letra da embalagem), o que significa que seria um tratamento anti-idade enquanto maquia (mais ou menos isso). E como já passei dos 30, está na hora de investir em produtos mais especializados, digamos assim (rs). Na embalagem está indicado que a base contém cinco benefícios anti-idade, mas não encontrei maiores descrições.

base_corretivo_iluminador_Loreal_6

Clique no play e veja a resenha completa e a aplicação dos produtos:

Primeiramente vamos falar sobre a base. A minha cor é a 146 Nude Beige, ela contém filtro solar fator 17, Pro-retinol A+ (não sei exatamente o que significa isso) e vitamina C (conhecida por seu poder anti-oxidante). A textura é bem sequinha mesmo, e a cobertura e excelente. Com um pouquinho do produto já é possível espalhar por todo o rosto e pescoço, muito bom rendimento. A pele absorve bem rápido, e ela transfere bem pouco. A embalagem vem com um pump dosador (adoro!), que facilita a aplicação, preserva o produto e ainda evita desperdícios. A durabilidade é excelente, permanece o dia todo na pele (mais uma vez vou lembrá-los de que não tenho pele oleosa). Achei que realmente acumula bem menos nas linhas de expressão do que as outras bases (mas ainda acumula). Por mim está aprovadíssima, compraria outra com certeza. No meu caso, foi um excelente custo x benefício, pois paguei em torno de 10.00-11.00 dólares na CVS dos Estados Unidos; aqui no Brasil já vi em algumas farmácias para vender e custava em torno de R$80,00.

Nas fotos abaixo fiz o antes e depois da aplicação.

Antes da aplicação (pele sem base).

Antes da aplicação (pele sem base).

Pele com 1 camada da base.

Pele com 1 camada da base.

O corretivo tem aquele formato de caneta, com cerdas para aplicação. É preciso girar embaixo para que o produto saia pelas cerdas. Ele possui fator de proteção solar 20 e a minha cor é a Light 122. Minha opinião sobre ele é que a cobertura não é a melhor que já vi, mas a consistência me agradou bastante. Ele acumula menos nas linhas de expressão embaixo dos olhos (tenho já uma quantidade considerável), e achei excelente como corretivo iluminador. A forma que mais gosto de usar é aplicá-lo após a maquiagem pronta, somente como finalizador para tirar os resquícios de sombra que caem nesta região. Quando uso um corretivo de maior cobertura antes e aplico o da L’Oréal como finalizador de retoque, a maquiagem fica com um acabamento perfeito. Quando vou a alguma festa gosto de levar na bolsa, caso precise retocar, pois a embalagem é bem pequena e versátil. Também gostei bastante e compraria novamente.

Veja os detalhes da aplicação do corretivo:

base_corretivo_iluminador_Loreal_2

Compare o antes de depois, já com a pele completa (base + corretivo):

base_corretivo_iluminador_Loreal_5 base_corretivo_iluminador_Loreal_3

Bom gente, espero que tenham gostado desta resenha! Beijos e até a próxima!

20mar 2014

Resenha nova Máscara Mega Cílios Avon

Postado por às em Maquiagem, Resenha

Olá pessoal, tudo bom?

Recentemente a Avon lançou sua nova máscara de cílios, a Mega Cílios, que promete “mega volume para cílios fenomenais”, conforme descrito na própria embalagem do produto. O diferencial desta máscara é realmente o pincel aplicador, super diferente de tudo o que eu já tinha visto e creio que seja novidade para muitos de vocês. Ele é dobrável, o que facilitaria a aplicação, tornando-a ideal para atingir o ângulo correto.

resenha_mascara_mega_cilios_Avon_6 resenha_mascara_mega_cilios_Avon_7 resenha_mascara_mega_cilios_Avon_3resenha_mascara_mega_cilios_Avon_1

Nas fotos abaixo vocês podem ver a aplicação desde a primeira até a terceira camada. Sinceramente não me adaptei a princípio com este aplicador, achei muito pequeno o cabo para segurar e não consegui encontrar um ângulo confortável para aplicar. Mas isso pode ser somente questão de adaptação. Mas o que me deixou decepcionada mesmo foi o resultado final. Não acrescentou muito volume aos cílios nem alongou. Se vocês compararem com os posts anteriores em que testei a The Colossal e a Volum Express Turbo, ambas da Maybelline, podem ver a diferença no resultado final. Achei a consistência muito rala, mas pode ser que isso mude conforme a máscara for secando dentro da própria embalagem.

resenha_mascara_mega_cilios_Avon_2resenha_mascara_mega_cilios_Avon_4 resenha_mascara_mega_cilios_Avon_5

À esquerda: com 3 camadas da máscara; à direita: sem máscara.

À esquerda: com 3 camadas da máscara; à direita: sem máscara.

 

Se eu compraria de novo? Definitivamente não. Paguei R$27,90 e acho que não valeu a pena, pois por R$21,90 eu compro a The Colossal e sei que terei satisfação garantida. Enfim, se a consistência mudar no futuro, ou se eu conseguir me adaptar melhor ao aplicador, ou ainda se o resultado como um todo me agradar eu volto aqui e conto, ok?

Espero que tenham gostado da resenha. Beijos e até a próxima!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...